Você sabia que várias palavras surgiram a partir do nome de pessoas? Veja alguns exemplos:

– Boycott (boicote), de Charles Boycott (1832-1897), um militar inglês que, em meados do século XIX, abandonou o exército e foi à Irlanda para trabalhar como agente de terras. Sua postura implacável, com cobranças e despejos, fez que ele fosse odiado pela comunidade local, que terminou por recusar-lhe a venda de qualquer coisa. Depois de algumas semanas, o nome de Boycott estava em todo lugar, inclusive no The Times de novembro de 1880, como um termo para “isolamento organizado”.

– Guilhotine (guilhotina), de Joseph-Ignace Guillotin (1738-1814), um médico francês que propôs o uso de um dispositivo mecânico para realizar as penas de morte na França. Embora ele não tenha inventado a guilhotina e, de fato, fosse contra a pena de morte, seu nome tornou-se um epônimo de guilhotina.

– Lynching (linchamento). Muitos autores atribuem a origem da palavra ao coronel Charles Lynch (1736-1796), que praticava o ato por volta de 1782, durante a guerra de independência dos Estados Unidos da América, ao tratar dos pró-britânicos. Entretanto, também é atribuída ao capitão William Lynch (1742-1820), do Condado de Pittsylvania, Virgínia, que tinha um comitê para manter a ordem durante a revolução, por volta de 1780.

Anúncios

2 comentários em “Palavras e nomes próprios

Deixe aqui seu comentário, crítica ou sugestão:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s