fairness of life by Páll Hilmarsson on FlickrRonald Reagan certa vez disse: “não sou um lingüista, mas tenho dito que na língua russa não há uma só palavra para liberdade.” Seus críticos logo responderam: claro que há, svoboda.

Mas o que seria se Reagan tivesse razão? O que seria se não houvesse em russo uma única palavra correspondente a freedom (liberdade, em inglês). Declarações do tipo “não há (em outra língua) palavra para…” tem duas potenciais implicações. A primeira é que “uma sociedade X viveu por tanto tempo sem o item A que não tem uma palavra para ele”. Língua reflete uma sociedade, e sua visão do mundo. A outra possibilidade considera a língua causa em lugar de efeito: “Como a sociedade X não tem a palavra A, seus membros são inabilitados para entender A.”

Ambos os argumentos estão errados, o que pode ser mostrado através de mais uma implicação: “Sociedade X pegou emprestada a palavra da sociedade Y, então A é típica de Y e estrangeira para X.” Isso fica visível em um dos lemas de um poster visto em uma campanha eleitoral na Alemanha: “Für faire Miete statt Rendite!” (Por aluguéis justos em lugar de rendimentos). Fair foi adicionada ao Duden, o mais famoso dicionário alemão, em 1915.

Mas algumas pessoas ainda pensam que fairness (justiça) é um conceito particular da língua inglesa. Mesmo que não houvesse palavra em outra língua equivalente a fair – o que, levado ao pé da letra, exigiria consulta às mais de 7000 línguas existentes – não significaria que a palavra é intraduzível, ou que o conceito é particular do inglês. Da mesma forma, não tiraria a possibilidade que falantes de outras línguas pudessem pensar ou falar sobre esse conceito.

Como saber? A primeira resposta é baseada no senso comum: se alemães não têm o conceito por trás de fair (e logo nenhuma palavra para tal) eles não importariam a palavra do inglês. Isso jamais ocorreria a eles. Nesse cenário, a falta de fair impediria as pessoas de pensar ou entender o conceito.

A segunda é empírica: Os alemães são fair (justos)? Não importa qual sua definição, há claras evidências de que eles são. Se fairness significa “as regras se aplicam a todos” os alemães são notáveis cumpridores de regras. Alguns dos valores de fairness são, de fato, universais.  Algumas pesquisas já apontam para a existência de um comportamento repetido em varias sociedades, que oscilaria entre o auto-interesse a sangue-frio e na outra ponta a justiça para com outros. Para qualquer sociedade é difícil ter o hábito de quebrar as regras e trapacear para ganhar. Assim, porque alguma língua precisaria importar do inglês a palavra fair?

A resposta é chata, mas verdadeira: porque o inglês tem estado na moda por um longo tempo. No caso do alemão, também é porque a palavra inglesa soa mais suave e objetiva que o alemão gerecht, que seria melhor traduzido como “justo”. O fato de diferentes culturas pensar fairness de forma diferente não prova muita coisa. Nem duas pessoas entendem fairness (ou qualquer outro conceito) de forma idêntica.

Por outro lado, o inglês também pega palavras emprestadas de outras línguas. Não há palavra do inglês que tenha o significado exato de ennui (tédio, do francês), palavra importada e usada na língua inglesa. Mas nenhum falante de inglês pensou em tédio antes disso? Claro que não. Isso significa que ennui não pode ser explicado em inglês? Também não, qualquer língua pode explicar o conceito.

Listas de palavras intraduzíveis circulam constantemente na internet. Podem ser divertidas, mas na verdade quase nada é de fato intraduzível. Importar, usar palavras de outras línguas é um fenômeno tão natural que você ‘fala outras línguas’ o dia todo e nem percebe. A propósito, lembrou-se da nossa famosa saudade? Pois é, não somos os únicos.

Traduzido e adaptado de: The Economist – Is fairness untranslatably English?

Anúncios

Um comentário em “Tudo é traduzível

Deixe aqui seu comentário, crítica ou sugestão:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s