Museu do Ipiranga by Samuel Chiovitti on FlickrQualquer paulistano sabe que a palavra coxinha, “além de referir-se ao petisco de armazém, também pode significar uma pessoa almofadinha, mauricinha, engomada ou ainda pode ser usado como apelido para policiais”. Mas é para os que vêm de fora que a SPTuris reuniu este e outros verbetes no Dicionário Paulistanês.

O guia traz definições de gírias e modos de pronunciar dos paulistanos, com distinção para determinadas regiões. Na Liberdade, destacam-se as palavras adaptadas da língua japonesa; no Pari, o dialeto dos bolivianos; e por aí vai.

Além das tradicionais gírias, como “rango”, “balada” e “brêja”, o dicionário conta com o novíssimo “Rolezinho”: “Encontro de centenas a milhares de amigos, em geral adolescentes, em um Shopping/Parque. Normalmente é marcado nas redes sociais”.

Confira o Dicionário Paulistanês.

Fonte: Catraca Livre

Anúncios

Deixe aqui seu comentário, crítica ou sugestão:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s